Quinta, 22 de Junho de 2017.

Força Aérea participa pela primeira vez do exercício canadense "Maple Flag"

Uma aeronave C-130 Hércules do Primeiro Grupo de Transporte de Tropa (1º GTT) levará, pela primeira vez, as asas da Força Aérea Brasileira (FAB) para o exercício militar internacional "Maple Flag", em Cold Lake, no Canadá.

 

Realizada anualmente, a "Maple Flag" é uma simulação de guerra semelhante à "Red Flag", promovida pela Força Aérea dos Estados Unidos. O exercício acontece durante o período de quatro semanas e oferece treinamento de combate aéreo para as tripulações dos países participantes por meio de cenários simulados de ambientes hostis. Durante a manobra, os esquadrões participam de simulações de combates aéreos enquanto voam grandes pacotes com as forças da coalizão.

Em 2011, o exercício foi cancelado devido ao envolvido da OTAN na Líbia. Antes disso, a Maple Flag havia sido cancelada apenas duas vezes, ambas devido a operações militares: uma vez em 1991, com a Guerra do Golfo, e em 1999, devido a campanha aérea no Kosovo.

O 1º GTT foi o esquadrão escolhido para a missão. Segundo o Brigadeiro do Ar Cesar Estevam Barbosa, comandante da Quinta Força Aérea (V FAE), participar do exercício é uma oportunidade única. “Essa é a primeira participação da FAB nesse exercício. Estamos muito honrados de termos sido escolhidos. Será uma oportunidade ímpar para a Aviação de Transporte, pois serão empregadas pela primeira vez as doutrinas de guerra eletrônica, bastante estudadas nos últimos anos. Temos certeza que representaremos a FAB muito bem”, disse.

A delegação brasileira irá decolar nesta quarta-feira (23/5), da Base Aérea dos Afonsos (BAAF), para viagem de três dias com destino a Base Aérea de Cold Lake, no Canadá. O primeiro compromisso está marcado para o próximo dia 26 de maio.


Copyright © Faer Editora e Publicidade Ltda.
Todos os direitos reservados.